casamento,

As escolhas musicais

11:43 Branco Menta 2 Comments

No que toca a escolher músicas para as partes importantes do vosso casamento, aconselho a seguirem os vossos gostos. Não liguem às pessoas que dizem que vocês só ouvem porcaria, e que os convidados vão ficar com os ouvidos a sangrar.
Eu e o marido gostamos de Punk/HC, e foi mais ou menos por aí que nos baseámos na escolha das músicas para os momentos importantes. Como uma das bandas que o marido gosta são os The Offspring, e porque quando nos conhecemos essa banda tornou-se de alguma forma importante, decidimos entrar na sala ao som de "Days Go By".

ENTRADA NA SALA

 photo Kat amp Ze ALTA RES 0707_zpsavxrpyzg.jpg

Quando a porta da sala se abriu, e nós entrámos de mão dada a fazer corninhos com os dedos, o pessoal ficou surpreendido (pela positiva). Toda a gente adorou a nossa entrada, porque não estavam à espera de nada do género.



PRIMEIRA DANÇA

 photo Kat amp Ze ALTA RES 0839_zpsoxcqcxtc.jpg

A primeira dança foi a mais difícil de todas. Para mim era qualquer coisa, nem que fosse para me pôr aos pulos lol Mas o noivo estava mesmo muito preocupado em fazer más figuras. Treinámos uma tarde e foi o suficiente. A dança era súper básica, e aproveitámos um momento da música para pedir a todos para se juntarem. Não houve cá valsas e o caraças. Mas acho que isso já estavam todos mais ou menos à espera :P
A escolha foi: Ramones - Let's Dance



CORTE DO BOLO

 photo Kat amp Ze ALTA RES 1113_zpsmgwkwtt1.jpg

Para o corte do bolo, a Internet foi uma péssima ajuda. Experimentem procurar "músicas de corte de bolo". Cada uma mais pirosa que a outra, que vão desde a Celin Dion a Mariah Carey. Por isso, voltámos novamente aos Ramones, para ter uma música só de ambiente. Na verdade, acho que nem fez grande sentido música no corte do bolo, porque é uma parte que realmente pensei que fosse mais emocionante. Ok, teve a parte em que os convidados seguravam os sparkles e acharam aquilo bonito (e foi bonito), mas continuo a dizer que pensei ficar mais emocionada. Para mim o corte do bolo significou fim de festa, e isso não é fixe.
(Já agora, outra dica. Cortem o bolo quando quiserem. Eu tentei ao máximo esticar a hora do corte do bolo. Houve pessoas que foram embora mais cedo e não assistiram a este momento. Mas estava completamente fora de questão cortar o bolo antes das 23h/00h. Não cortem às 21h, porque se o fazem, às 21h acaba a festa).



ATIRAR DO RAMO

 photo Kat amp Ze ALTA RES 1123_zpsufiif1xc.jpg

Na parte de atirar o ramo, decidi algo mais POP e divertido. Uma das músicas que eu dizia que tinha que fazer parte do casamento, era a "It's My Party" da Jessie J. Não por ser a Jessie J, ou por adorar a música, mas porque desde o início dos preparativos que tomei uma atitude de "esta festa é minha, e eu faço o que quiser". Claro que fiz ajustes para agradar uma pessoa ou outra. Mas no geral, não deixei que opinassem na forma como estávamos a organizar o casamento.
Ah!  E não atirei o meu ramo. O original tenho-o eu aqui em casa. Mandei fazer um igual ao meu mas mais pequeno, que serviu para a menina das alianças entrar na igreja, e para depois poder atirar às solteironas :D


Fotografias do nosso casamento, por Rising Photo

You Might Also Like

2 comentários:

  1. Eu gostei imenso da primeira dança! Mesmo.

    Quanto ao corte do bolo confesso que nem me apercebi da música :-(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lol Nem te apercebeste. Fantástico ahaha. Daí se vê a importância dessa música :P

      Ainda bem que gostaste :D Foi divertido :P

      Eliminar