agenda cultural,

Bryan Adams Exposed

18:40 Branco Menta 0 Comments


Não só de casamento se fala neste blog. Bom... Na verdade só tenho falado de casamento :P Mas a partir de agora vou passar a publicar outros assuntos, sem esquecendo que sou noiva, e que tenho casamento marcado para o ano.
Hoje trago-vos uma sugestão cultural: Bryan Adams Exposed no Centro Cultural de Cascais.

Quem não se lembra de temas como Summer of 69, Somebody ou (Everything I Do) I Do It For You? Quem nasceu na época de 80, cresceu ao som de músicas do Bryan Adams. Mas o que a maioria desconhecia é que para além do talento para a música, Adams é um óptimo fotógrafo. Esta paixão surgiu há muitos anos atrás. Adams "andou sempre acompanhado de câmaras fotográficas, desde as mais portáteis Kodak dos pais, nos anos 60, até uma Rolleiflex “muito cara” que comprou no Japão, nos anos 90, e que foi usada até à exaustão. Um tio trabalhou na fábrica inglesa da Ilford e mandava-lhe rolos de preto e branco e papel fotográfico para imprimir." (in Público, 11 Julho 2014).

Esta paixão pela fotografia aliada ao facto de ser uma figura pública com alguns conhecimentos, deram origem a estes retratos que hoje podemos ver no Centro Cultural de Cascais. Para além de figuras como Amy Winehouse, a Rainha de Inglaterra, José Mourinho e Mick Jagger, podemos ver também retratos das fadistas portuguesas que fizeram capa da Vogue Portugal deste mês.

"Além dos retratos destas figuras conhecidas, há as fotografias daqueles cujos nomes não conhecemos, mas que Bryan Adams nos quer apresentar. São eles os soldados britânicos que combateram no Iraque e no Afeganistão e que voltaram diferentes do que eram quando para lá foram enviados. Trazem mazelas para a vida. Mutilados, queimados. É o contraste absoluto com o que vemos na sala ao lado." (in Público, 14 Outubro 2014).

Já tive o privilégio de ver Bryan Adams ao vivo como músico. Mas esta exposição é igualmente gratificante. Na minha opinião, Bryan Adams é um óptimo fotógrafo. Os retratos expostos são fortes, bem enquadrados e tecnicamente com bastante qualidade.

Passem por lá, pois vale muito a pena. Para não residentes do concelho a entrada custa 3€, para residentes de Cascais, pagam apenas 1.5€.












Fotos: Branco e Menta

You Might Also Like

0 comentários: